Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 26 a 35 anos, Esportes de aventura, Música, etc...
MSN - ericacjlw@hotmail.com

Histórico:

- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 21/08/2005 a 27/08/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 12/06/2005 a 18/06/2005
- 29/05/2005 a 04/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 06/03/2005 a 12/03/2005



Outros sites:

- Sem Título (Esse é o meu fotoblog)


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


visitas







Template por:

Tudo para seu blog!



BLOG COM AS FOTOS DO PROJETO MESA ITINERANTE

http://veddas.zip.net/index.html



- Postado por: Proterora dos Animais às 12h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




O que significa a palavra VEGAN?


     A palavra  vegan  é uma corruptela de  vegetarian, ambas em inglês,
e foi usada pela primeira vez por uma sociedade vegetariana britânica - por volta de 1940.
 
O termo vegan começou a ser conhecido no Brasil através de sua pronúncia estrangeira: falando-se 'vígan', mas é válido ressaltar que não devemos intensificar a pronúncia do estrangeirismo à vaidade da figura de linguagem deste termo em questão; aliás, não devemos nos envaidecer por praticar nenhum "ismo", porque o veganismo é um aprofundamento do vegetarianismo, não sendo a meta última da vida nem um fim em si mesmo,
portanto, o termo vegano é mais adequado à língua portuguesa e ser vegano é estar consciente de que a exploração animal é um equívoco e precisa ser minimizada o máximo possível - melhor do que isso é a abolição completa!

O veganismo é uma filosofia de vida que estabelece uma conduta prática de boicote para excluir do consumo do ser humano qualquer produto ou alimento que tenha origem animal ou utilize animais em testes durante sua fabricação. Um dos principais fundamentos que tem levado vários indivíduos adotarem o veganismo tem sido de ordem ética. Entretanto, há várias outras questões que complementam e justificam o veganismo, por ex.: questões metafísicas, morais, científicas (com relevância à saúde), filosóficas, ecológicas, econômicas etc.

O veganismo pode ser praticado por qualquer pessoa, independente de idade, sexo, etnia, religião, ideologia etc. Tal postura exige uma transformação de consciência e uma mudança no estilo de vida moderno que procura excluir - tanto quanto possível - as formas de exploração animal.
Felizmente, o veganismo vem, aos poucos, conquistando várias pessoas, sendo feita com entusiasmo e dedicação, disseminando-se pelo mundo. Aqui no Brasil, há veganos(as) como o Dr. George Guimarães e a Dr. Cristhina Izidoro, ambos nutricionistas; os biólogos Sérgio Greif e Thales Tréz (autores do livro "A Verdadeira Face da Experimentação Animal": ); a socióloga Marly Winckler, presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira e moderadora da lista de discussão "veg-brasil"; a professora universitária Raquel Cristina dos Santos Pereira; o advogado Felipe Chehuan, straight edge e vocalista da banda Confronto; o empresário Christopher Silva; o autor deste artigo e vários outros ativistas... vêm fazendo um bom trabalho de divulgação, cada um fazendo a sua parte com mente aberta e força de vontade.

Os veganos(as) boicotam qualquer coisa que promova a exploração dos animais:

Roupa:
usar couro animal, seda, lã, penas e ornamentos com ossos, marfim etc.

Comida:
comer carnes, peixes, ovos, consumir leite e seus derivados, mel e outros alimentos de origem animal ou que contenham substâncias de origem animal.

Produtos:
usar cosméticos, sabonetes, pastas de dente, perfumes ou qualquer outro produto que tenha sido testado em animais ou que contenha substâncias de origem animal.

Objetos:
usar cortinas, tapetes, almofadas, cobertores, travesseiros, escovas, pincéis, vassouras ou qualquer outro objeto que contribua para a exploração dos animais.

Lazer:
fotografar com máquinas que não sejam digitais, freqüentar circos com animais, rodeios, zoológicos, farras do boi, rinhas de cães e galos, caçar, pescar ou fazer qualquer outra atividade considerada como lazer que contribua para a exploração dos animais.

Medicamentos:
usar remédios, vacinas ou qualquer outro medicamento que tenha sido testado em animais ou que contenha substâncias de origem animal.



- Postado por: Proterora dos Animais às 10h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Essa lista mostra nossa firmeza no boicote às atividades que contribuem para o sofrimento de inúmeros animais. Todavia, ninguém consegue ser 100% vegano(a) na sociedade moderna, pois cada tipo de boicote é analisado de acordo com a circunstância e o contexto em particular que se situa o vegano(a), como, por ex.: se for necessário consumir algum alimento de origem animal num lugar que não tenha nada para comer sendo o seu consumo inevitável para a sobrevivência, não há problema, embora não seja necessário para o desfrute do paladar (tendência que promove apego ao paladar pervertido). Semelhantemente, em outra circunstância que envolva alguma situação necessária à sobrevivência, o vegano(a) pode traçar o limite de seu boicote para não incorrer no fanatismo nem no comodismo - lados opostos da mesma moeda. Seguir estes extremos significa falta de equilíbrio!

Pergunta pertinente: e quanto aos empregos das pessoas que dependem da exploração animal?
Resposta inteligente: não precisamos nos preocupar, pois não vamos criar mais desemprego por não consumir coisas que promovam o sofrimento dos animais, porque estaremos contribuindo à geração de empregos para outras pessoas ao consumir os produtos de seus concorrentes - eis uma opção sensata à comercialização ética! Não é à toa que estão surgindo vários restaurantes vegetarianos nas cidades; surgindo empresas que não fazem vivissecção, isso para não mencionar as que estão deixando os testes em animais de lado através de métodos científicos que substituem tal crueldade; surgindo escolas que promovem a proteção aos animais dentro de suas propostas pedagógicas; surgindo comunidades rurais que desenvolvem um estilo de vida simples sem explorar os bichos etc.

Uma outra objeção que nossos negadores levantam contra o veganismo é que os veganos também matam plantas.
Em resposta, posso dizer que alimentos como frutas, nozes, cereais, castanhas não requerem nenhuma matança.
Entretanto, é muito difícil uma alimentação que não danifique alguma forma de vida.
Comer vegetais é uma tendência natural do ser humano, e como precisamos comer para sobreviver, escolhemos alimentos que têm a menor consciência para não lhes trazer sofrimento.
Inclusive, agradecemos ao trabalho de inúmeras pessoas na produção e na comercialização dos alimentos vegetarianos.
Sendo assim, a transformação multifatorial à benevolência alheia estendida aos animais está ocorrendo sob diversas justificativas.

Todavia, há outras classificações vegetarianas:

Ovo-lacto-vegetariano(a) - é o tipo mais comum de vegetariano. Recusa carnes, mas consome ovos, leite e seus derivados.

Ovo-vegetariano(a) - consome ovos, mas recusa carnes, leite e seus derivados.

Lacto-vegetariano(a) - consome leite e seus derivados, mas recusa carnes e ovos.

Frugívoro(a) - não consome raízes, alimenta-se de frutos, nozes, castanhas, amendoim e outras sementes...

Crudívoro(a) - alimenta-se única e exclusivamente de vegetais crus.

Os semivegetarianos não fazem parte dos vegetarianos, porque eles podem ser considerados como onívoros, já que abrem exceções para carnes brancas (aves e peixes).
 
Já os macrobióticos podem ser onívoros ou vegetarianos!   
 
 
 
Por Charles de Freitas Lima (graduando em Educação Física).
                                         Fonte: http://www.guiavegano.com/artigos/charles/index.htm
  


- Postado por: Proterora dos Animais às 10h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Rato apóia-se em sapo em território alagado
da cidade de Lucknow, no norte da Índia

QUE PROVA MAIOR DE QUE NA NATUREZA NÃO EXISTI MAL!!!



- Postado por: Proterora dos Animais às 18h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A organização ecologista Greenpeace começou ontem a exibir um anúncio televisivo que mostra como uma ursa e seus filhotes afundam no mar, quando o gelo em que se apoiavam se desfaz. "Os ursos polares poderiam extinguir-se em pouco tempo, devido ao aquecimento global", alerta o Greenpeace

VAMOS TODOS CONTINUAR NOSSAS VIDAS PACATAS E INSENSÍVEIS. O RESTO QUE SE FODA NÃO É MESMO MESMO. É ASSIM QUE AS PESSAOS VIVEM ATUALMENTE.



- Postado por: Proterora dos Animais às 20h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




SERÁ QUE AINDA EXISTE ESPERANÇA DE UM MUNDO CIVILIZADO?
NÃO DÁ PRA ACREDITAR! TEM QUE MORRER MESMO ESSE BANDO DE DOENTE!

Um homem morreu nos Estados Unidos depois de ter relações sexuais com um cavalo em um sítio que funcionava como um "prostíbulo de animais", em Enumclaw, 60 km a sudeste de Seattle (Estado de Washington), de acordo com informações divulgadas pela polícia nesta segunda-feira.

A vítima, um homem de 40 anos, sofreu graves lesões internas e seu corpo foi deixado por desconhecidos em um hospital de Seattle, no dia 2 de julho, pouco depois do ato.

"Do médico legista ao comissário, passando pelos investigadores, ninguém jamais viu algo remotamente parecido com isto", disse à France Presse Eric Sortland, chefe da polícia de Enumclaw. "Seu cólon rompeu, como os órgãos inferiores da mesma região, e a hemorragia o matou", completou.

As investigações revelaram que o sítio era especializado em zoofilia e oferecia a seus clientes cavalos, pôneis, cabras, ovelhas e até cães. Tudo era anunciado pela Internet.

A polícia apreendeu fitas de vídeo com centenas de horas de atos sexuais entre homens e animais.

O código penal do Estado de Washington não proíbe a zoofilia.



- Postado por: Proterora dos Animais às 18h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




AGRESSÕES AO MEIO AMBIENTE

As denúncias sobre agressões ao meio ambiente podem ser feitas através da Linha Verde do IBAMA. O telefone é o 0800-61-8080. A ligação é gratuita de qualquer parte do País. Se preferir fazer sua denúncia por escrito, pode usar o e-mail linhaverde.sede@ibama.gov.br . O instituto ainda recebe sugestões e reclamações.Você também pode acionar a Polícia Civil pelo fone 147, e o Ministério Público do seu estado.

Fonte: Programa Via Legal

TV Cultura Sábado 9:30hs



- Postado por: Erica Serpa às 11h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




EU AMO OS ANIMAIS

E MINHA VINGANÇA CONTRA QUEM OS MALTRATA SERÁ IMPLACÁVEL

             

ERICA SERPA



- Postado por: Erica Serpa às 16h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Produção de "Foie Gras"

 

Para se obter um bom patê de fígado de ganso, o chic "foie gras", gansos e patos são alimentados à força para que tenham seus fígados aumentados e com um maior teor de gordura.

Nos criadouros, um espaço de dois metros quadrados pode acomodar até doze animais. O confinamento é necessário para evitar que o pássaro se movimente e gaste energia, assim, o alimento será armazenado no organismo do animal na forma de gordura.

 

A alimentação dos animais é composta basicamente por carboidratos (maizena), adicionada à gordura de porco ou ganso para amolecer. Esta é uma dieta bastante desequilibrada, onde importantes nutrientes são desprezados.

 

   

 

A ave é segura entre as pernas do funcionário, tem a cabeça presa por uma peça de metal, o seu pescoço esticado e um grosso tubo de metal, que chega a medir quarenta centímetros de comprimento, é enfiado pela sua garganta. Um motor bombeia o alimento através desse tubo que vai direto ao estômago. Freqüentemente, uma faixa de borracha é amarrada ao pescoço para não deixar que a ave vomite. Durante o processo, as aves tentam escapar de forma frenética. Essa tortura se repete três vezes ao dia, durante um período de três a quatro semanas. Isto tudo para fazer com que consumam cerca de três quilos desta ração por dia, o que equivaleria a um humano consumir doze quilos e meio de macarrão no mesmo período.

 

  

 

Como resultado, as aves sofrem variados problemas de saúde, como disfunções cardíacas, intestinais e rompimento das membranas celulares hepáticas. Muitas tornam-se incapazes de andar ou até mesmo ficar em pé. A introdução do tubo pode machucar o esôfago e causar deformidades nos bicos. Na verdade, o foie gras não passa de uma doença do fígado induzida em animais inocentes. O fígado dos animais submetidos a este processo não são saudáveis. A coloração normal do órgão é avermelhada e pesa cerca de 120 gramas. O fígado deformado por este processo é amarelo e lustroso, de aparência gordurosa, e pode pesar até 1.300 gramas, mais de dez vezes o peso normal.

 

As marcas deixadas pela pressão que as costelas exercem contra o fígado assim aumentado são visíveis no órgão, atestando assim que o animal sentiu imensa dor durante os últimos dias de sua breve vida. A ave é  abatida no mesmo local onde é criada, porque provavelmente não sobreviveria ao transporte. Quando o fígado, estômago e intestinos são removidos, vê-se que o espaço por estes ocupado era muito maior que aquele planejado pela natureza, pressionando o coração e os pulmões e dificultando assim a respiração. 

 

Trazendo 85% de suas calorias na forma de lipídios, em sua maioria gorduras saturadas (ácido palmítico) o foie gras não é um alimento saudável. Portanto, seu consumo, além de causar imenso sofrimento a animais inocentes e indefesos, também não é a melhor opção mesmo para aqueles mais indiferentes ao sofrimento alheio.

 

Fontes: Animais SOS e Jornal Segunda Opinião.

 

ALGUEM PELO AMOR DE DEUS, ORGANIZE UM GRUPO TERRORISTA PRA ENFIAR ESSE FERRO NO RABO DO FILHO DA PUTA QUE FAZ ISSO COM OS ANIMAIS.

TEM GENTE QUE É MUITO FORTÃO COM QUEM NÃO SABE SE DEFENDER NÉ, PORQUE ESSES MALDITOS NÃO ENCARAM ALGUEM CAPAZ DE REVIDAR.

NOSSA QUE ÓDIO!

ERICA PRISCILA SERPA

E VAI PRO INFERNO QUEM ME ACHA ERRADA, BANDO DE FDP!!!



- Postado por: Erica Serpa às 12h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Olha a última

Eu tive a infelicidade de assistir Faustão domingo e ver um evento em uma cidade onde eles colocam galinhas para correr numa pista.

Como tem gente imbecil nesse planeta.



- Postado por: Erica Serpa às 16h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A Câmara dos Vereadores de São Paulo derrubou o veto ao projeto de lei que proíbe o uso de animais em apresentações de circo.

Apresentado em 2003 pelo ex-vereador Roger Lin (PSB), o projeto havia sido vetado pelo prefeito José Serra (PSDB). Porém, o veto foi derrubado na quarta-feira (15), quando voltou à Câmara.

A lei entra em vigor 90 dias após sua publicação no "Diário Oficial" do município. O estabelecimento que descumprir a decisão poderá ser multado em R$ 1.500, valor que deverá ser dobrado em caso de reincidência. Há, ainda, a possibilidade de cassação da licença de funcionamento.

A Aila (Aliança Internacional do Animal), que em 2003 iniciou uma campanha contra animais em circos, afirma que a medida oferecerá maior segurança aos espectadores, além de reduzir casos de maus-tratos aos animais.

"Não somos contra o circo. Gostamos da diversão sadia, como o Cirque du Soleil, que deixa qualquer um de boca aberta", disse Júlia Fukushima, secretária da presidência da Aila.

A reportagem entrou em contato com o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões no Estado de São Paulo, mas não conseguiu localizar nenhum responsável pela comentar a lei.



- Postado por: EPS às 20h11
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Neste domingo, dia 12 de junho, assisti o espetáculo do Circo Beto Carrero!

Foi um ótimo espetáculo, adorei a apresentação dos palhaços, em especial Nene simplesmente por ele participar várias vezes durante o espetáculo. Realmente um artista, e os outros tb merecem muitos aplausos.

Mas o que muito me aborreceu foi múmeros com animais. Fico impressionada das pessoas aplaudirem uma humilhação dessas. Parece exagero. Tudo bem. Mas que o animal não gostaria de estar ali e sim na natureza isso ninguém pode discordar.

Até quando vamos submeter animais dóceis aos caprichos de espetáculos como esse. Somente a apresentação dos artistas ja estavam que grande merecimento.

E não me venham com aquele velho argumento de: são bem tratados. Não interessa. Aquele ambiente não é o de sua natureza. Não aplaudam números como esse!

              



- Postado por: EPS às 17h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




OLHA ESSA NOTÍCIA QUE COISA DE LOCO!!!

O ex-apresentador e estilista Clodovil Hernandez foi condenado a quatro anos de reclusão por crime ambiental em Ubatuba (224 km de SP).
O advogado de Clodovil, José Gilmar Giorgetto, informou ontem que irá recorrer da decisão.
De acordo com ele, o ex-apresentador foi beneficiado por ser réu primário e vai aguardar o julgamento do recurso em liberdade.
Clodovil foi condenado por desmatar parte de uma mata próxima de sua casa.

CRIMES CONTRA A NATUREZA, QUEM LIGA PRA ELES???



- Postado por: EPS às 19h20
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Sopa de tubarão da Disneylândia de Hong Kong é alvo de críticas

24/05/2005

Por Ramón Pedrosa López Ilha de Lantau (Hong Kong), 24 mai (EFE).- Meses antes de ser inaugurada, a nova Disneylândia de Hong Kong já está na mira dos ecologistas, que não toleram a inclusão no cardápio dos restaurantes do parque da tradicional sopa de barbatanas de tubarão, um animal que corre sério risco de extinção.

O parque temático, que começará a funcionar no dia 12 de setembro, oferecerá este prato em datas especiais e em casamentos, exclusivamente a pedido dos cônjuges, que terão que pagar até 200 euros por mesa.

A Disney, que alega que a sopa de barbatana de tubarão é parte da alta gastronomia de Hong Kong, se defende dizendo que os melhores restaurantes da cidade oferecem o prato em seu menu a preços exorbitantes, como uma comida sofisticada.

"A Disneylândia de Hong Kong leva muito a sério seu papel de promotor do meio ambiente, mas somos igualmente sensíveis à cultura local", disse à imprensa a porta-voz do parque, Esther Wong.

Diante destas afirmações, algumas influentes organizações ecológicas, como a World Wildlife Fund (WWF) e o Greenpeace, manifestaram seu espanto ao ver como os criadores do filme "Procurando Nemo" são capazes de estimular o desaparecimento dos tubarões.

Com certa ironia, Martin Baker, do Greenpeace de Hong Kong, se perguntou em declarações a um jornal local sobre "como a mesma companhia que produziu 'Procurando Nemo', com sua mensagem de que a vida marinha está sendo ameaçada, pode apoiar um comércio que é insustentável e cruel".

Já porta-vozes da WWF em Hong Kong disseram que "uma companhia do calibre internacional da Disney deveria ocupar a liderança em matéria de consumo sustentável e estar ciente de que os tubarões estão rapidamente alcançando o nível da superexploração".

Segundo alguns estudos, entre 50% e 85% do comércio mundial de barbatanas de tubarão provém de Hong Kong, enquanto 56 das 262 espécies de tubarões que existem no mundo correm risco de extinção.

De acordo com os grupos ecologistas, o parque temático estará contribuindo para provocar um desastre ambiental caso não tire de seu cardápio a popular sopa.

As barbatanas de tubarão, um dos pratos mais procurados e refinados da cozinha de Hong Kong, provoca por ano a morte de milhões destes gigantes do mar.

No entanto, longe de proteger o futuro destes animais, as autoridades turísticas de Hong Kong promovem a sopa de barbatanas um prato que custa centenas de dólares em alguns restaurantes de luxo.

Muitas vezes, os pescadores cortam apenas as barbatanas dos tubarões e os deixam no mar, sem que possam sobreviver.

O consumo de barbatanas de tubarão é ilegal em muitos países.

O parque da Disney em Hong Kong, cuja data de inauguração foi escolhida por um grupo de especialistas em "feng shui", espera receber cerca de 5,6 milhões de visitantes durante seu primeiro ano de operações, um terço deles da China continental.

Será o mais barato do mundo. O preço das entradas para os adultos girará em torno de 45 dólares (35 euros) nos fins de semana.

Pela primeira vez, o principal proprietário de um destes parques será o governo de Hong Kong, que espera arrecadar 19 bilhões de dólares (15,037 bilhões de euros) nos primeiros 40 anos de operações, segundo dados do governo regional.

A criação da Disneylândia de Hong Kong, o segundo parque da empresa na Ásia, depois do japonês, gera polêmica há meses, pois grupos ecológicos consideram que sua construção mudará significativamente a paisagem do lugar onde será instalado, a ilha de Lantau, quase despovoada.

OLHA QUE PARQUE LEGAL!!! TODOS NÓS DEVERÍAMOS FREQUENTAR VC NÃO ACHA???



- Postado por: EPS às 15h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




SOCIEDADE VEGETARIANA BRASILEIRA

http://www.svb.org.br/



- Postado por: EPS às 15h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________